Arquiteto ou engenheiro civil: qual deles contratar para a sua obra?

Sabe aquela máxima de que o barato sai caro? Abrir mão de um arquiteto ou engenheiro ao construir é abraçar esse famoso ditado. Bons profissionais dessa área são capazes de otimizar os recursos, evitando refazer atividades mal feitas, comprar materiais de construção em excesso ou itens que não são nada funcionais, como o piso inadequado para determinado cômodos, o que exigiria uma reforma no futuro.

 

Bastante gente fica perdida quando se trata de qual dos dois profissionais contratar ao construir. Por isso, criamos esse pequeno guia para te ajudar a definir se você vai precisar de um arquiteto ou engenheiro civil, ou de ambos para a sua obra.

 

Para descobrir a resposta, é preciso entender qual a função de cada um deles. Legalmente, tanto um arquiteto quanto um engenheiro podem atuar na edificação, se responsabilizando pelos projetos, execução e fiscalização da obra. A diferença, entretanto, fica no foco de cada um desses profissionais, direcionado para áreas específicas.

 

Como atua um arquiteto

O arquiteto é responsável por planejar os espaços, a forma e a funcionalidade da futura casa, pensando em muito mais do que na estética da construção. Ao elaborar o projeto da obra, ele avalia qual a melhor maneira de aproveitar toda a área disponível de acordo com o desejo e a necessidade dos moradores. Para executar o projeto técnico, a planta da construção, o arquiteto observa:

 

• A distribuição correta dos cômodos
• O aproveitamento da iluminação e ventilação natural da casa
• O design interno e externo
• O acompanhamento da execução da obra, interferindo e corrigindo quando necessário, contratando a mão de obra e comprando os materiais necessários

 

Tudo isso, é claro, é feito seguindo normas criteriosas dos órgãos regulamentadores, que interferem em questões de segurança, salubridade e acessibilidade.

As funções de engenheiro civil

Enquanto o arquiteto se ocupa mais com o planejamento do espaço, as formas e a funcionalidade, a formação de engenheiro civil contempla um envolvimento maior com a parte estrutural e as técnicas construtivas da obra, avaliando, inclusive, em como executar o que o arquiteto pensou com toda segurança. Entre suas funções, encontram-se:

• Avaliar a capacidade de suporte do solo
• Definir a estrutura da fundação, como sapatas, pilares, vigas e laje
• Definir o material que será utilizado na obra
• Determinar os projetos hidráulicos, elétricos e sanitários.

Mas qual eu preciso contratar?

 

Com funções que se complementam, ambos são importantes. Enquanto o engenheiro se responsabiliza pela questão estrutural da obra, o arquiteto vê a parte mais humana do projeto, agregando muito mais valor à construção. O espaço é melhor utilizado, os ambientes ficam harmônicos, há menos chances de erros e maior conforto para os moradores, de forma geral, quando os dois profissionais trabalham em conjunto.

Portanto, a melhor indicação é contratar um arquiteto para o projeto arquitetônico e o engenheiro para desenvolver o projeto estrutural, exceto em pequenas reformas, quando apenas um dos dois pode ser suficiente. Portanto, reflita quais são as suas necessidades e defina qual a melhor opção para que sua obra saia da forma desejada.

https://www.weg.net/tomadas/blog/papo-profissional/arquiteto-ou-engenheiro-civil-qual-deles-contratar-para-sua-obra/